clareamento dental

O que é clareamento dental

Para restaurar a coloração de origem dos dentes, muitos pacientes buscam opções de clareamento dental em consultórios odontológicos. O procedimento, que consiste na aplicação de um gel com efeito clareador, deve ser realizado sob orientação de um profissional para garantir que o paciente esteja em segurança e que os resultados obtidos sejam compatíveis com a expectativa dos pacientes.

A necessidade de um clareamento dental ocorre, principalmente, em pacientes que consomem em excesso bebidas e alimentos que possuam um grande nível de pigmentação, como é o caso do café, dos refrigerantes, alguns tipos de doces, entre outros. Além disso, hábitos como o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e o tabagismo, bem como o envelhecimento e o desgaste dos dentes pode ocasionar o escurecimento da região.

Como funciona o clareamento dental

Durante o clareamento dental, uma substância clareadora na consistência de um gel é aplicada sobre os dentes, ativando um processo químico que deve liberar oxigênio, que tem como função quebrar as partículas de pigmento que deixam os dentes com o aspecto amarelado. Esse tipo de procedimento pode ser realizado no consultório odontológico ou de forma caseira, sob a orientação do profissional.

Apesar da sua eficiência, o clareamento dental possui algumas contraindicações que devem ser respeitadas. Entras elas, as mais comuns são:

  • Menores de 18 anos;
  • Gestantes e lactantes;
  • Pacientes quimioterápicos ou radioterápicos;
  • Pacientes com sensibilidade ou irritação na gengiva.

O clareamento dental pode ser feito em casa ou no consultório. No primeiro caso, o paciente é orientado a colocar o clareador em um molde que é colocado sobre os dentes durante um determinado período. Quando realizado no consultório, o dentista aplica o produto diretamente sobre os dentes e aplica um equipamento a laser que tem como função potencializar o efeito do gel clareador.

Cuidados após o clareamento

Após o clareamento, é importante que os pacientes evitem alimentos muito ácidos (que possam desencadear a sensibilidade dos dentes), bebidas e alimentos que possuam corantes como vinhos, café, chá, refrigerantes, chocolates etc. Além de desencadear maior sensibilidade nos dentes, o consumo desses produtos podem diminuir os efeitos do tratamento e promover novamente o escurecimento dos dentes.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende clareamento dental: